A programação da edição de 2018 do Porto Verão Alegre começa neste final de semana. Um dos espetáculos que se apresentam é “Pequeno trabalho para velhos palhaços”, do qual o festival é correalizador. O espetáculo poderá ser assistido no Theatro São Pedro nos dias 05 e 06 de janeiro às 21h e 07 de janeiro às 18h.

Nesta edição serão apresentados 78 espetáculos, 10 a mais que no ano passado, 38 deles pela primeira vez no festival, dos quais quatro escolheram o Porto Verão alegre para sua estreia.

Na sexta, sábado e domingo, 05, 06 e 07 de janeiro, estarão em cartaz as seguintes peças: Nasbecolândia (infantil), Só para Maiores: a vida sexual das pessoas, Pequeno trabalho para velhos palhaços, O Anexo Secreto, Imaginação (mágica e ilusionismo), Dez (quase) amores, O que os homens pensam que as mulheres pensam, Alice além da toca (infantil) e Causos do Guri.

Nasbecolândia ou o Alfaiate Valente (infantil)

Datas: 5 de janeiro
Horário: 16h
Local: Teatro Renascença, Av. Érico Veríssimo, 307

Sinopse:
Inspirado no conto O Alfaiate Valente, dos irmãos Grimm, o espetáculo narra a cômica história de Nasbecolândia, um reino que está sendo atacado por um gigante terrível. Este gigante está acabando com o lugar e provocando a fuga dos melhores cavaleiros da Rainha Sganarela III. Desesperada, a rainha ordena que Amadeu, seu desastrado arauto, vá até a cidade e encontre um cavaleiro corajoso que possa enfrentar o inimigo. E é neste momento que um certo alfaiate, que havia matado sete moscas de uma só vez, cruza o caminho de Amadeu e a confusão está armada. Utilizando elementos da Commedia dell’Arte como base da construção de personagens, Nasbecolândia traz a cena um épico infantil repleto de cenas de ação, aventuras e romance. A Cia Teatral Nós Encena, no ano de comemoração de seus 10 anos de fundação, apresenta a remontagem do espetáculo infantil Nasbecolândia, última montagem da companhia em Uruguaiana, sua cidade natal.

Ficha Técnica:

Texto: Rodrigo Kão Rocha
Direção: Clarissa Gomes
Elenco: Rodrigo Kão Rocha, Clarissa Gomes, Guilherme Ferrêra, Stephanie Cardoso e Daiane Oliveira
Figurino: Rodrigo Kão Rocha
Cenário: Clarissa Gomes
Iluminação: Carlos Azevedo
Sonoplastia: Rodrigo Kão Rocha
Operadora de som: Manuella Goulart
Assistente de palco: Glória Souza
Arte gráfica: Rodrigo Kão Rocha

Duração: 50 minutos
Classificação: livre

Só para maiores: A vida sexual das pessoas

Datas: 5 e 6 de janeiro
Horário: 21h
Local: Teatro da AMRIGS, Av. Ipiranga, 5311

Sinopse:
Os comunicadores do programa Pretinho Básico da Rede Atlântida trazem aos palcos um espetáculo que foge dos padrões. De todos os padrões. Sem vergonha, Arthur Gubert e Luciano Potter falam tudo o que pensam a respeito de sexo, relacionamentos e preferências sexuais de homens e mulheres. Mais do que um show de humor e libertinagem, os dois amigos apresentam uma verdadeira palestra. Para muitos casais pode vir a ser uma terapia, o início de uma briga ou de uma noite de sexo. Ou tudo isso junto.

Ficha Técnica:
Direção, Roteiro e Elenco: Arthur Gubert e Luciano Potter
Realização: Artistaria Produtora de Humor

Duração: 60 minutos
Classificação: 18 anos

Pequeno trabalho para velhos palhaços

Datas e Horários: 5 e 6 de janeiro às 21h e 7 de janeiro às 18h
Local: Theatro São Pedro, Praça Mal.Deodoro SN- Centro Histórico

Sinopse:

Três palhaços desempregados se reencontram quando se candidatam a mesma vaga de emprego. O clima saudoso e amistoso dos velhos amigos logo dá lugar a uma disputa acirrada pela sobrevivência. Da amizade à disputa. Do riso ao choro. Dos resquícios da velha glória circense à incerteza de um futuro obscuro onde velhos artistas já não têm voz. Uma comédia de humor negro de Matei Visnièc.

Ficha Técnica:
Texto: Matei Visnièc
Direção: Adriane Mottola
Elenco: Arlete Cunha, Sandra Dani e Zé Adão Barbosa
Cenário :Zoé Degani
Figurino: Daniel Lion
Composição Sonora Original: Álvaro Rosacosta
Canção para Velhos Palhaços: Álvaro Rosacosta e Leandro Maia
Piano: Simone Rasslan
Iluminação: Ricardo Vivian
Assessoria Clownesca: Jéferson Rachewsky
Assessoria Ilusionismo: Eric Chartiot
Assessoria de Imprensa: Lauro Ramalho
Programação visual: Sandro Ka
Fotos: Julio Appel
Vídeos: Daniel Jainechine
Produção: Adriane Mottola e Áquila Mattos
Realização: Stravaganza

Duração: 75 minutos
Classificação: 12 anos

Este espetáculo terá tradução para libras em todas as sessões.

 O Anexo Secreto

Datas: 5, 6 e 7 de janeiro
Horário: 21h
Local: Sala Álvaro Moreyra, Av. Érico Veríssimo, 307

Sinopse:

O espetáculo é baseado na obra O Diário de Anne Frank, escrito pela jovem judia na tentativa de criar um território seguro dentro de um mundo em guerra. A peça trabalha com a dualidade entre o real e o alegórico – encontrando a poética em uma História na qual marcava tragicamente indivíduos com estrelas amarelas no peito. O mundo acorda em guerra e Anne desperta ânsias adolescentes; em meio ao pesadelo surge o amor, a sexualidade e a incompreensão de um universo em que a liberdade se torna o sonho mais precioso.

Ficha Técnica:

Elenco: Gabriel Fontoura, Leo Bello, Madalenna Leandra e Natália Vargas Xis
Direção: Fernanda Moreno e Juliano Rabello
Dramaturgia: Fernanda Moreno e grupo
Operação e criação de Luz: Bruna Immich
Operação e criação de trilha sonora: Ismael Goulart e Estêvão Trindade
Cenografia: Lilian Nunes da Silva
Produção e Social Mídia: Gabriel Fontoura e Raiar Produções
Assessoria de imprensa: Gustavo Saul
Orientação: Gisela Habeyche
Arte gráfica e fotografia: Jéssica Barbosa
Apoio: Complexo Criativo Cômica Cultural

Duração: 90 minutos
Classificação: 12 anos

Imaginação

Datas: 6 de janeiro
Horário: 20h
Local: Teatro do SESC, Av. Alberto Bins,665

Sinopse:
Certamente a mais poderosa dádiva existente na face da terra repousa na inocência de nossa infância: a imaginação. Um espetáculo de ilusionismo que dará asas a sua imaginação em uma viagem ao encontro da melhor época de suas vidas, a infância. Lucio Alves retrata, ao longo do espetáculo, lembranças de sua infância e de sua adolescência ilustradas com a arte do Ilusionismo. Momentos de mistério e humor compõem este espetáculo repleto da mais pura Imaginação. Inspirado na obra musical “Imaginação” de Rodrigo Grecco.

O espetáculo terá tradução simultânea para libras.

Ficha técnica:
Texto, criação e concepção: Lucio Alves
Direção: Lucio Alves
Produção e Orientação Cênica: Anna Paula Arruda

Duração: 60 minutos
Classificação: Livre

Dez(quase)Amores

Datas: 6, 7 e 8 de janeiro
Horário: 21h
Local: Teatro do Centro Histórico-Cultural Santa Casa, Av. Independência,75

Sinopse

A peça é uma comédia baseada no livro de Claudia Tajes. Assim como na obra, o espetáculo traz Maria Ana, que sem pudor e bastante humor, percorre as vielas de amores absurdos, vivendo-os como se o amor fosse para sempre. A peça mostra esses encontros e desencontros vividos na infância, na adolescência, no amadurecimento e (quase) na maturidade de Maria Ana. É o amor visto pelo lado feminino, sem água e sem açúcar, mas com a malícia que um retrato da mulher livre contemporânea requer.

Ficha Técnica:

Autor: Claudia Tajes
Direção e adaptação: Bob Bahlis
Elenco: Carla Gasperin, Fábio Monteiro, Marcelo Naz, Paula Taitelbaum e Daniel Topanotti
Figurinos: Marga Bressani
Coreografias: Fernanda Carvalho Leite
Criação de Luz: Marga Ferreira

Duração: 70 minutos
Classificação: 12 anos

O que os homens pensam que as mulheres pensam?

Datas: 6, 7, 8 e 9 de janeiro
Horário: 21h
Local: Teatro Renascença, Av. Érico Veríssimo, 307

Sinopse:

É uma comédia de gênero que discute o gosto, os conflitos, a sexualidade e os mistérios femininos a partir da visão de uma travesti e três homens heterossexuais. A peça se passa dentro de um banheiro público. Marcus (que pretende impressionar uma possível namorada), deverá participar de alguns jogos propostos por Pety (a travesti), onde viverão diversos tipos de papeis e encontros sexuais e amorosos. Eles contam com a ajuda de Faro e Anjo, e transformam o banheiro num espaço de grandes, divertidas e atrapalhadas representações.

Ficha Técnica:

Texto: Pedro Delgado
Elenco: Douglas Carvalho, Henri Iunes, Luis Carlos Pretto e Pedro Delgado
Iluminação: Criação: Paulo Romera e Vilmar Silva(operação) Vilmar Silva
Figurino: Grupo Teatro Lá Em Casa
Cenografia: Grupo Teatro Lá Em Casa
Trilha sonora: Orientação: Emerson Maicá. Execução: os próprios atores
Direção: Pedro Delgado
Produção: Pedro Delgado

Duração: 70 minutos
Classificação:
14 anos

Alice além da toca (infantil)

Datas: 7 de janeiro
Horário: 16h
Local: Teatro Renascença, Av. Érico Veríssimo, 307

Sinopse:

Conta a história da menina Alice que, após cair em um buraco perseguindo um coelho branco, descobre um novo mundo, com chapeleiro maluco, lebre de março, Rainha de Copas e muito mais. Neste país tão diferente, Alice se depara com questionamentos filosóficos que a transformam como pessoa, deixando-a ainda mais curiosa.

O espetáculo é voltado ao público infantil e tem como objetivo ressignificar o pensar filosófico na infância. Questiona temas e comportamentos humanos atuais, de modo a fazer as crianças refletirem, de forma lúdica, sobre problemáticas contemporâneas como o poder, o egoísmo, a educação, os relacionamentos, a amizade, entre outras questões filosóficas como existencialismo, cultura, indivíduo e sociedade.

Ficha Técnica:

Direção: Sue Gotardo
Elenco: Danuta Zaghetto, Fabiana Santos, Luiz Manoel e Thiago Silva
Cenografia: Teatro Ateliê
Figurino: Daniel Lion
Iluminação: Thays Andrade
Trilha Sonora: Cau Netto
Preparação Corporal: Béthany Martínez
Produção: Sue Gotardo

Duração:
60 minutos
Classificação: livre

Causos do Guri

Datas: 7, 8, 14 e 15 de janeiro
Horário: 21h
Local: Teatro da AMRIGS, Av. Ipiranga, 5311

Sinopse:

Nos palcos, Jair Kobe apresenta um show com diversas novidades, novos causos, clipes ao vivo e as paródias de Guri Marley, Gurillage People e The Guritles, além da participação especial do gaúcho emo Licurgo, que agora toca bateria, anda de skate e dança chula!

 

Assistido por mais de 2 milhões de espectadores ao vivo, o gaúcho diverte o público com seus incríveis causos e seu talento como cantor eclético, interpretando versões do famoso Canto Alegretense em diversas melodias. Neste espetáculo de comédia com censura livre para todas as idades, o Guri de Uruguaiana dança e conta causos hilários, como o do tempo em que era viciado em erva mate. É a tradição gaúcha contada de uma forma divertida!


Ficha técnica:

Texto e direção: Jair Kobe

Elenco: Guri de Uruguaiana: Jair Kobe e Licurgo “Gaúcho Emo”: Vitor Leal

Duração: 90 minutos
Classificação:
Livre

 SERVIÇO:

Teatros:

O Centro Histórico-Cultural Santa Casa (Av. Independência, 75), o Instituto Goethe (Rua 24 de Outubro, 112), o Instituto Ling (Rua João Caetano, 440), o Teatro de Arena (Av. Borges de Medeiros, 835), Teatro da AMRIGS (Av. Ipiranga, 5311), o Teatro do Bourbon Country (Av. Túlio de Rose, 80), o Teatro Renascença e a Sala Álvaro Moreira (Av. Érico Veríssimo, 307), o Theatro São Pedro (Praça Mal.Deodoro SN- Centro Histórico) e o Teatro do Sesc (Av. Alberto Bins, 665).

“Todos os espaços contam com acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida.”

Neste ano, haverá algumas atividades gratuitas na Galeria Mamute (Rua Caldas Júnior,375) e na Associação do Centro Cultural Cia de Artes (Rua dos Andradas, 1780).


Valores dos Ingressos:

No Teatro: R$40 inteira
R$32 Clube ZH e Banricompras
R$20 idoso e estudante
R$20 Teatro infantil

Antecipado: R$30 inteira
R$24 Clube ZH e Banricompras
R$20 idoso e estudante
R$20 Teatro infantil


Formas de pagamento e descontos:

Na aquisição de ingressos, antecipado ou na hora, será aceito dinheiro ou débito e crédito das bandeiras aceitas pela Vero, como Banricompras, Mastercard, Visa e Verdecard. Portadores do Clube do Assinante ZH e do Banricompras terão desconto válido para titular e um acompanhante (dois ingressos por peça), mediante apresentação do cartão ou de comprovante pelo titular.

Estudantes e demais contemplados com descontos de 50% pela Leia Federal da Meia Entrada devem apresentar comprovante determinado pela própria lei, que entrou em vigor em 01/12/2015, decreto nº 8.537 de 5 de outubro de 2015 (que pode ser acessado aqui), que regulamenta a nova lei da meia-entrada (Lei n° 12.933/2013) e o Estatuto da Juventude (Lei n° 12.852/2013).

O Porto Verão Alegre respeita todos os descontos aplicados por essa lei.

A apresentação do comprovante é obrigatória e deve ser feita no momento da compra nos pontos de venda. Quando a compra do ingresso acontecer pela internet, o comprovante deve ser entregue na bilheteria dos teatros no momento da troca do voucher pelo ingresso.

Política de troca de ingressos:

Os ingressos poderão ser trocados, sendo comprados pela internet ou nos pontos de venda, em até sete dias após a data da compra, 24 horas antes do início do espetáculo, não havendo exceções. Informações completas sobre como proceder estão no site www.portoveraoalegre.com.br.


Pontos de Venda:

A compra antecipada dos ingressos pode ser feita nos dois já tradicionais pontos:

– no 3o andar do Praia de Belas Shopping, de segunda a sábado, das 10h às 22h, domingos das 13h às 19h.

– no Casarão Verde – loja 133 – do DC Shopping – de segunda a sexta, das 10h às 19h.

A novidade, neste ano, é que os ingressos antecipados para todos os espetáculos (exceto os que estão em cartaz no Theatro São Pedro e no Bourbon Country) também poderão ser comprados nas bilheterias dos seguintes teatros – Centro Histórico-Cultural Santa Casa, Instituto Goethe, Teatro de Arena, Teatro da AMRIGS, Teatro Renascença, Teatro do SESC e Sala Álvaro Moreira -, nos dias em que os espetáculos do Porto Verão Alegre tiverem sessões, duas horas antes delas começarem. 

Os ingressos que sobrarem também poderão ser adquiridos nas bilheterias dos respectivos teatros duas horas antes do horário de início das sessões.

Vendas online:

As vendas acontecem pelo site www.portoveralegre.com.br (com cobrança de taxa de 20% sobre o valor do ingresso). As vendas dos ingressos encerram-se às 13h do mesmo dia da sessão do espetáculo comprado. Para compras via internet serão aplicados os mesmos descontos para compras em pontos físicos, incluindo os da Lei Federal da Meia Entrada e o Banricompras, com exceção do Clube do Assinante.  As formas de pagamento para compra via internet são aceitas todas as modalidades de pagamento aceita pelo Pagseguro, detalhadas no site de vendas.

Exceção:

Os espetáculos apresentados no Theatro São Pedro terão os ingressos vendidos somente no local tanto de forma antecipada (com valor de antecipado até duas horas antes do espetáculo) como na hora. Eles não estarão à venda nos demais pontos de venda. Os preços e descontos praticados serão os mesmos dos demais espetáculos. Os horários de venda antecipada no Theatro São Pedro são: nos dias de semana, das 13h até as 18h30, ou até o horário de início do espetáculo. Sábados e domingos das 15h até o horário de início do espetáculo. Também é possível comprar esses ingressos pela Internet pelo site https://vendas.teatrosaopedro.com.br/ (forma de pagamento no crédito com Visa e Mastercard). As formas de pagamento na bilheteria do teatro são em dinheiro, Visa (débito), Mastercard (débito) e Banricompras (débito).

Os descontos praticados pelo Porto Verão Alegre – beneficiários da Lei Federal da Meia Entrada, clientes Banricompras e Clube do Assinante – serão práticos para os espetáculos do Theatro São Pedro também.

O espetáculo apresentado no Teatro do Bourbon Country, Alcemar a Mascada Perdida, somente será vendido na bilheteria do local na Av. Túlio de Rose, 80. Os horários para compra antecipada são de segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingos e feriados, das 14h às 20h. Na hora, é possível comprar ingressos com preço de antecipado até duas horas antes do espetáculo e se sobrarem ingressos da venda antecipada. As formas de pagamento na bilheteria do Teatro do Bourbon Country são diversas. No site é possível verificar todas. A compra pela internet de Alcemar e a Mascada Perdida pode ser feita pelo site https://www.teatrodobourboncountry.com.br/ .

Os descontos praticados pelo Porto Verão Alegre – beneficiários da Lei Federal da Meia Entrada, clientes Banricompras e Clube do Assinante – serão práticos para o espetáculo em cartaz no Teatro do Bourbon Country.

 

O 19º Porto Verão Alegre é apresentado pelo Ministério da Cultura, Banrisul Cartões e Zaffari, e tem patrocínio de Corsan, DLL e Panfácil, além do apoio de AEL Sistemas, BRDE, Comerlato Imobiliária, DC Shopping, Doctor Clin, Iesa, Grupo RBS, NET, Santa Clara e Ultragaz.   

 

Sobre o Porto Verão Alegre:

A geração de no mínimo mil empregos diretos, e tantos outros indiretos, retrata uma das características de uma iniciativa que chega ao 19º ano em 2018 e que foi responsável por mudar o hábito dos gaúchos no verão. A realização ininterrupta do Porto Verão Alegre é responsável pela disseminação da ideia de que teatro é para todos. Com uma audiência cativa e formada por pessoas entre oito e 80 anos, vindas de diversas cidades do Estado, o Porto Verão Alegre – que passou a incluir outras atividades artísticas, além de gratuitas, ao longo dos anos – já atraiu mais de meio milhão de pessoas, média de 40 mil pagantes por edição, e vem aumentando ano após ano. O Porto Verão Alegre é um projeto privado realizado pela Mezanino Produções, liderada pelos atores Rogério Beretta e Zé Victor Castiel, e pela Mais Além, dirigida por Claudia D’Mutti.

Assessoria de Imprensa:

Jornalista Grazieli Binkowski (MTB 12718)
E-mail: grazi@portoveraoalegre.com.br
(51) 3557-1061 ou 3573 -1061/ 98164278

 

X